Sabugilândia
  

FELIZ ANO NOVO!

 

Se o Natal tem um quê de melancolia, o Ano Novo pinta-se de esperança. Romper o ano novo é abrir-se às suas possibilidades.

Prestes a entrarmos em 2014, ficamos a avaliar o ano que finda, tomando como base os êxitos, os sucessos, os resultados positivos, os ganhos ou as conquistas havidas em 2013. Sem esquecermos que também vivemos os fracassos, os insucessos, os resultados negativos e as perdas, o que nos leva a crer que a vida transcorre como numa gangorra, em que às vezes estamos por cima...

Computamos o que de bom e ruim pode ser listado no trabalho, nos estudos, nas relações familiares, nas amizades, na vida em comunidade. Cada um pode se dar ao trabalho de fazer o seu próprio rol, de enumerar os terrenos por onde se avançou e os campos em que se retrocedeu...

A reconquista de uma boa amizade perdida tem o efeito de fazer sarar a ferida aberta, de desfazer um mal-entendido, de reconciliar-se consigo mesmo. Como é bom poder olhar de novo nos olhos de um velho amigo, de apertar suas mãos, de convidá-lo a entrar novamente em sua casa, de fazer brindes com ele e compartilhar de sua vida...

O prazer de exercitar os seus dons, de imprimir suas pegadas no branco do papel, de colaborar com a construção coletiva de uma pretensa identidade, de botar um tijolinho na parede ainda por se erguer. Numa tessitura alguém procurar os fios, alguém precisa ter fios, alguém precisa ser fio. É satisfatório dar um pouco de si, sabendo-se capaz de mais entregar-se, e encontrar de volta a gratidão desinteressada, o aplauso no olhar, os louros do reconhecimento...

Eis que a escalada pode se fazer árdua, por sobre falésias e despenhadeiros, lavando as vestes em pântanos e charcos imundos, bordando a pele nas agulhas de um cerrado entrançado e ali – bem ali! – um anjo a estender os braços lhe convidando a ter confiança. É como se todo o peso da tarefa compulsória pudesse ser amenizado, ou ao invés de prisão se transmutasse em porta aberta, se no lugar de dor fosse alegria...

Prestes a entrarmos em 2014, ficamos a avaliar o ano que finda, e quase não rememoramos os fracassos, os insucessos, os resultados negativos e as perdas, o que nos leva a crer que, se a vida transcorre como numa gangorra, é mais salutar lembrar de quando estivemos por cima...

Faltou reconquistar aquela outra amizade, careceu-se de cumprir certo plano, o ouvido não se preencheu daquela boa notícia, são necessárias novas tessituras, outros cerzidos, recuperando velhas técnicas e introduzindo novas maneiras. A vastidão do país que inicia em janeiro e finda em dezembro pode desanimar, mas o terreno é pleno de possibilidades: 2014 se oferece a perder de vista...

 

(Foto: Errikos Andreou)



Escrito por Quintino Medeiros às 14h48
[] [envie esta mensagem] []


 
  

RESUMO DE 2013

Em mais um ano de lutas pelo desenvolvimento de nossos projetos pessoais, muitos deles já incorporados como projetos comunitários, chegou a hora de olhar para trás. Em 2013, demos continuidade aos eventos estéticos que não falam somente de beleza, mas de cultura, identidade e poesia.

Outra vez, participamos do concurso Mister & Miss Seridó, com o nosso município sendo representado por Lediane Lucena e Rudson Cavalcanti, que vestiram muito bem a faixa de São João do Sabugi. Desde 1991, conduzimos nossos representantes a tal evento, dando-lhes apoio moral e custeando os seus gastos...

Perseveramos na realização da eleição da Rainha da Festa de São João Batista, como fazemos há 28 anos, evento estético-cultural feito na rua, aberto para o entretenimento e a satisfação de todos, sustentado pela sociedade civil. O mais antigo acontecimento desse tipo na região do Seridó, existente desde, pelo menos, 1940, elegeu Érika Nóbrega como soberana...

Mais uma vez organizamos a Beleza Estudantil, quando foram escolhidos Douglas Pessoa e Emilly Medeiros num processo que incluiu desfile e declamação poética. O bonito encontro de estudantes, educadores, famílias e gente das áreas de moda e beleza acontece desde 1988 e não tem tempo para acabar...

Recuperamos a eleição de Menino & Menina dos Olhos, através de votação pelo nosso blog, que recebeu quase mil votos, premiando Davi Medeiros e Flávia Taline. Esse concurso existe desde 2007, mas não acontecia há três anos, sendo realizado novamente graças ao apoio da Ótica Ver & Viver...

Criamos o traje típico de Pablo Senna, representante potiguar no concurso Mister Brasil Turismo 2013, que obteve a segunda colocação no encontro nacional, realizado em Salvador – BA...

Os representantes sabugienses no concurso Mister & Miss Seridó 2013 foram escolhidos entre os participantes da Rainha da Festa e da Beleza Estudantil de 2012, o que deverá acontecer novamente em 2014, quando pinçaremos nossos representantes dentre os jovens que participaram da Rainha da Festa, Beleza Estudantil e Menino & Menina dos Olhos de 2013...

Em 2013, também se evidenciou nossa participação na comunidade para além das áreas de moda e beleza, mas ainda abarcando história e poesia. Em junho, por ocasião da Festa de São João Batista, fomos o "Poeta Homenageado" durante o XVII Concurso de Poetas Sabugienses, iniciado por nós em 1985, e ainda publicamos o opúsculo sobre o processo de edificação da nossa Igreja Matriz, reunindo informações recolhidas em fontes dispersas. Isso nos rendeu uma Moção de Parabéns da Câmara Municipal, sugerida pelo vereador Braz Brito. A publicação do opúsculo só se fez possível graças à colaboração dos amigos conterrâneos Eulália Morais e Antônio Luiz de Medeiros...

Além dessas iniciativas, não perdemos o foco em nosso curso de pós-graduação e vencemos a penúltima etapa no Mestrado em História que realizamos na UFCG, obtendo nota máxima no exame de qualificação. O tempo todo nós pudemos contar com o apoio e a compreensão de nosso competente orientador, o Prof. Dr. Iranilson Buriti...

Para 2014, temos como prioridade a conclusão da pós-graduação, projeto secundado pela publicação de nosso segundo livro de poemas. Os certames estético-culturais serão realizados em sequência, registrados em cartório como o são, para “que nenhum aventureiro lance mão”...

 

 

 

 

 

 


(Fotografias: as quatro primeiras e a última, de Anchieta França; a penúltima, de Séfora Medeiros)



Escrito por Quintino Medeiros às 14h34
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO



OUTROS SITES
 ANCHIETA FRANÇA
 ANNA JAILMA
 SABUGILÂNDIA 1
 SABUGILÂNDIA 3
 UOL - O melhor conteúdo


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!